Stakeholders: O que é e para que serve?

Se você ainda não sabe o que são os stakeholders e não sabe como eles podem impactar em sua empresa, confira o artigo e descubra tudo!
Tempo estimado de leitura: 9 minutos

Quando uma empresa se envolve em um projeto, é fundamental que ela esteja alinhada com os seus stakeholders. Mas você sabe o que esse termo significa? 

Com a evolução do mundo corporativo muitos termos têm surgido, e o stakeholder é um deles. Com isso, os profissionais precisam estar por dentro sobre do que se trata e o que significa para uma organização.

Se você ainda não conhece essa modalidade e não sabe como essas ações podem impactar em sua empresa, confira o artigo e descubra tudo o que você precisa saber sobre o assunto! 

O que são Stakeholders? 

Esse conceito foi criado em 1980 e resumidamente, significa a parte interessada. Isso quer dizer que, qualquer empresa e/ou pessoa que for impactado por qualquer ação de uma determinada organização é um stakeholders. 

Em teoria, sabemos que qualquer instituição precisa criar um valor a ser seguido pelas pessoas interessadas, sejam elas colaboradores, clientes ou fornecedores. Exemplo disso são as comunidades e investidores. 

O principal objetivo da chegada desse modelo de trabalho é modificar o comportamento comum dentro de algumas empresas, e dessa forma, focar mais na evolução das pessoas ao invés de números, lucros, resultados e afins. 

Sendo assim, essa teoria reforça a ideia de que é fundamental a empresa se preocupar com o impacto que causa não só em seus colaboradores, como também nos seus fornecedores, clientes e em quem mais ela puder interferir indiretamente com suas ações. 

Portanto, um exemplo de stakeholder são clientes de bancos. Isso porque qualquer ação que a instituição promover irá gerar algum impacto no usuário, seja negativo ou positivo. Além disso, qualquer pessoa atingida pelas ações, positivas ou não, de uma empresa, é um stakeholder da mesma. 

O que significa stakeholders? 

Traduzido para o português, stakeholders significa Público Estratégico ou Público de interesse. E eles existem para sinalizar os indivíduos impactados pelas ações de uma empresa. 

Dessa forma, esse termo é utilizado muitas vezes nos setores de comunicação, e tecnologia das organizações, pois é por elas que são definidos os planejamentos estratégicos das empresas. 

Sendo assim, qualquer pessoa que legitima as ações de uma determinada empresa é um stakeholder. Abaixo vamos listar alguns exemplos para você: 

  • Funcionários, 
  • Gestores e Gerentes;
  • Fornecedores;
  • Concorrentes;
  • Sindicatos;
  • Clientes
  • Entre outras pessoas que sejam relacionadas ao projeto. 

Se você entendeu o significado do stakeholder até aqui, já sabe que o responsável pelo planejamento de ação dentro da empresa, precisa ter uma visão ampla sobre todos os possíveis interessados. Além disso, precisam ter conhecimento sobre qual a melhor maneira de beneficiar as pessoas e/ou contribuir com os projetos. 

Qual o impacto dos stakeholders em uma organização? 

Como já levantamos anteriormente, os stakeholders são resultados diretos ou indiretos dos impactos pelas decisões da organização. Contudo, o que também deve ser levado em conta é a satisfação das pessoas interessadas e não só da empresa, têm muita influência nos resultados de todos os objetivos da organização.

Desta forma, é fundamental que a empresa garanta a satisfação de toda a parte que compõe seus stakeholders. Além disso, entender que todos eles tem o seu valor e que todos os desejos de um stakeholder contribui para o desenvolvimento da sua organização também é importante. 

Entretanto, o maior desafio para gestores de organizações que têm muitos stakeholders é encontrar o ponto de encontro entre eles para criar ações perto de objetivos que fazem sentido para todos e também para a empresa. E desse modo, garantir que o desenvolvimento sustentável da empresa aconteça de forma assertiva. 

Sendo assim, o impacto que as pessoas interessadas causam dentro de uma empresa é muito importante e fundamental para o alinhamento de objetivos e expectativas de todos que compõem essa empresa. 

Por fim, conseguimos concluir que uma empresa só consegue alcançar o seu pleno sucesso caso os stakeholders estiverem alinhados com os seus serviços e produtos. Ou caso os colaboradores estiverem plenamente produtivos. 

Portanto, sua empresa  precisa ampliar a visão quando o assunto são os stakeholders, isso porque são eles que vão te ajudar a alcançar os resultados que a organização precisa. 

Exemplos de stakeholders

Existem empresas e pessoas que são potenciais stakeholders de um negócio e/ou ação, desde a equipe que está envolvida até ao público externo da determinada empresa. Exemplo disso são as ONGs, a concorrência, o governo, entre outros. 

Para gerenciar todas essas pessoas é fundamental saber se são elas as pessoas chave do seu projeto, ou seja, pessoas que vão influenciar diretamente no desenvolvimento e sucesso de tal. Abaixo de contaremos alguns exemplos disso: 

  • Gestores;
  • Colaboradores;
  • Fornecedores;
  • Clientes e comunidade;
  • Sindicatos 

Quais os tipos de stakeholders?

Agora que já te contamos sobre alguns exemplos de stakeholders, conheça também os tipos. Basicamente, em uma classificação, eles podem ser divididos entre internos e externos. 

Isso porque nem todas as pessoas de interesse fazem parte, necessariamente, da empresa em questão. Vamos te explicar a seguir! 

Stakeholders Internos 

Normalmente esses são os que já estão inseridos dentro da empresa. Veja os exemplos: 

  • Acionistas;
  • Colaboradores;
  • Gestores de Organização. 

Stakeholders Externos 

Já no caso dos externos, são os que estão fora do ambiente empresarial, mas que mesmo assim, ainda possuem interesse em comum. Veja os exemplos abaixo: 

  • Clientes;
  • Concorrentes;
  • Fornecedores;
  • Governo;
  • Mídia;
  • Sindicatos.

Como gerenciar os stakeholders?

Como já vimos até aqui, é um projeto que impacta diretamente, seja de forma positiva ou não, as empresas e suas ações. Por isso, a gestão de projetos identifica e consegue dar o tratamento mais adequado para o conjunto de stakeholders de uma organização. 

Desse modo, listamos para você as 4 etapas fundamentais para uma gestão de stakeholders mais assertiva possível. Identificação dos envolvidos: Liste todas as pessoas que podem influenciar no sucesso de seu projeto e as descrevam em grupos. 

Análise de Interesses: Descreva, neste momento, para todos os stakeholders quais são as expectativas e interesses. 

Classificação dos envolvidos: Neste momento, classifique os envolvidos pelo grau de poder, impacto e interesse. Essas características contribuirão para o desenvolvimento do projeto e garantirão a eficiência do gerenciamento de stakeholders. 

Existem alguns modelos de classificação, são eles: 

  • Poder x Influência 
  • Influência x Impacto
  • Interesse x Poder x Susceptibilidade
  • Poder x Interesse 

Plano de abordagem: Aqui, você poderá especificar para cada grupo de interesse quais serão as expectativas e necessidades do projeto. É importante que o gerenciamento das partes interessadas não seja negligenciado pois caso sejam podem ocorrer atrasos nos cronogramas, além de ocorrer falhas nos processos.

Principais diferenças entre Stakeholder e Shareholder

Existem dois modelos empresariais, o stakeholders e o shareholders. Abaixo vamos te contar as principais características que diferenciam um do outro. 

A prática do stakeholders estabelece que a empresa seja vista como uma organização social e por isso, tem o dever de trazer algum tipo de benefício a todas as pessoas envolvidas nas ações.

Stakeholders

Desse modo, o stakeholder é um modelo que visa o equilíbrio social, por exemplo, empresas que seguem essa prática tem os seus lucros repartidos proporcionalmente com cada participante, dos acionistas aos fornecedores. Ou seja, a empresa não contribui apenas com ela mesma, como também as pessoas relacionadas ao projeto. 

Shareholders

Já no caso dos shareholders está relacionado diretamente com os acionistas e foi esse o modelo exclusivo que perdurou durante a era industrial. E exclusivamente neste modelo, a organização é vista como uma entidade econômica e por isso, precisa trazer benefícios aos shareholders. Ou seja, para os proprietários e acionistas.

Sendo assim, este modelo, diferente do stakeholders, é medido apenas pelo lucro da empresa e por isso é necessário ter responsabilidade financeira. 

Por fim, podemos ressaltar que a principal característica que diferencia uma ação da outra é que, no primeiro caso, o econômico é levado em consideração junto com outros 3 fatores: a sociologia, a ética e a política. Já no segundo, é considerado apenas o fator econômico. 

Desse modo, apesar de o stakeholder ser uma prática que contribui para o desenvolvimento das organizações, ainda existem muitas delas que optam pelo shareholder.

Curiosidade: Você sabe porque a Gestão de Pessoas é importante dentro de uma empresa?

Quando a produtividade e engajamento dos colaboradores vai de encontro com os valores comportamentais da instituição em questão, a consequência certamente é o sucesso! 

Dito isto, vale lembrar que ao não manter seus funcionários motivados, a empresa pode correr o risco de perder grandes talentos e ter alta rotatividade. Além disso, o ambiente se torna mais propício a gerar um clima organizacional ruim, afetando a performance da equipe como um todo e prejudicando a imagem da empresa.

Nesse sentido, os benefícios financeiros não são mais tão determinantes para um trabalhador optar ou não por permanecer em uma determinada organização. Hoje em dia, ele também busca avaliar as oportunidades de crescimento e desenvolvimento, além de observar como está a valorização de suas entregas dentro da empresa em questão. 

Caso ele não se sinta à vontade para continuar contribuindo como colaborador, esse é sim um fator determinante para o seu desligamento. Por isso, existem as estratégias de Gestão de Pessoas e é através delas que o gestor identifica qual o grau de motivação dos seus funcionários e como extrair dali os melhores resultados. 

Agora você já sabe a importância de manter a Gestão de Pessoas em sua empresa, né? Vem conferir quais são os principais pilares para que isso ocorra da forma mais assertiva possível. 

stakeholders

5 Pilares para uma boa Gestão de Pessoas

Motivar a equipe

Através da motivação é possível atingir a melhor performance do seu colaborador, por isso, quando não existe esse fator estimulante, é preciso analisar e entender onde o empregador está errando e reverter a situação. 

Dessa forma, ainda é possível reverter a situação e estudar, junto ao colaborador, a melhor forma dele construir uma carreira de sucesso dentro da empresa. Os incentivos podem ser melhoria de salário, planejamento de um plano de carreira, ou até mesmo, um projeto que o desafie a conseguir realizar. 

Boa Comunicação

Manter a transparência e não focar nas hierarquias organizacionais é indispensável para que essa comunicação aconteça da melhor forma possível. 

A comunicação objetiva e assertiva estimula os colaboradores a acreditarem que todos estão ali pelo mesmo propósito, o que no final das contas, realmente é. A comunicação entre empresa e funcionário é fundamental para o alcance do sucesso de ambas as partes, se alguém parar de remar, as duas podem afundar. 

Trabalho em equipe

Mesmo que todos os profissionais dentro de uma empresa possuam objetivos e metas em comum, é importante que a Gestão de Pessoas perceba os estímulos pessoais de cada um ali dentro. Só assim é possível que a organização faça os ajustes necessários para que todos trabalhem bem naquilo que desejam. 

Desse modo, entre as práticas de gestão de pessoas, encorajar o espírito colaborativo pode ajudar a minimizar os conflitos e engajar os profissionais para que todos se desenvolvam dentro de um único propósito.

Conhecimento e competências 

É importante que a organização cuide do desenvolvimento técnico do colaborador. Promover rodas de conversa, cursos de capacitação entre outras ações, podem colaborar para o amadurecimento das competências de cada profissional. 

Dito isto, a empresa que garante a valorização dos colaboradores, garante também que os mesmos se mantenham motivados dentro da organização. E é por isso que o papel da gestão de pessoas é importante, pois através dessa função, a empresa entende quais são as necessidades de cada um dos seus colaboradores.

Desenvolvimento da equipe  

É a equipe de Gestão de Pessoas quem irá coordenar ações de capacitação e desenvolvimento para os profissionais da instituição. Dessa forma, ambas as partes saem ganhando… Você sabe porque? 

Por que é através dessas ações que o funcionário tem a oportunidade de buscar por um conhecimento mais aprofundado sobre sua área de atuação e em contrapartida, a empresa ganha a oportunidade daquele profissional aplicar tudo o que aprendeu de novo dentro do ambiente de trabalho. 

Como o QR Point pode contribuir para a sua empresa?

Agora que você já sabe tudo sobre os stakeholders, sua empresa não pode ficar para trás. E é por isso que a QR Point está aqui! 

Nós chegamos para garantir que sua empresa siga todas as normas da legislação, e para isso acontecer é necessário um sistema de controle de ponto com muita qualidade!

Dessa forma, garantimos que a equipe de RH da sua empresa trabalhará primordialmente na gestão de pessoas, pois cuidar do bem estar dos seus colaboradores faz toda diferença no desenvolvimento e produtividade da rotina de trabalho.

Isso só é possível porque a QR Point cuida de todos os processos para você, oferecendo diversas vantagens aos seus colaboradores, como a possibilidade do controle de ponto online. Além disso, garantimos que tudo aconteça dentro do que a lei estabelece.  

No entanto, somos um software de controle de ponto online que além de permitir o registro de ponto em qualquer localização, também colaboramos para que a sua empresa cumpra todas as responsabilidades trabalhistas. 

É possível que em nosso sistema de controle de ponto sejam lançadas as informações sobre faltas, saldos negativos de horas trabalhadas, e até mesmo as horas extras de seus funcionários.

Ademais, você pode evitar que possíveis falhas humanas aconteçam no RH da sua empresa contratando os serviços de controle de ponto da QR Point. Além de permitir que a gestão de pessoas do seu empreendimento cuide mais dos seus colaboradores.

Sendo assim, contrate a QR Point como o sistema de controle de ponto online da sua empresa, e garanta a automatização dos processos com a melhor tecnologia de registro de ponto a cada atualização!

Como a QR Point funciona?

Para dar início, nós fornecemos o registro rápido dos seus colaboradores no software de controle de ponto, reduzindo a dificuldade na hora de adotar o novo sistema.

Uma vez que tudo já estiver nos conformes, você vai poder aproveitar do app do gestor, um dos nossos maiores benefícios.

É através do aplicativo do gestor que você terá acesso a dashboards de indicadores, mostrando todos os colaboradores que estão dentro da organização trabalhando, além daqueles que estão de férias e muito mais!

Portanto, para garantir a estadia do colaborador dentro do local de trabalho, nós usamos os recursos de geolocalização para criar uma cerca digital que garante exatamente onde o ponto online ou o ponto offline está sendo registrado.

E pensando na segurança tanto do colaborador quanto do gestor, o controle de ponto é registrado através do reconhecimento biométrico do profissional. Nós também mantemos o banco de horas de todos os colaboradores, permitindo mudanças nele se necessário.

Entre em contato para tirar qualquer dúvida sobre o nosso sistema de controle de ponto com nossa equipe. Ficou interessado e quer os benefícios do QR Point na sua empresa? Faça hoje mesmo um teste do controle de ponto gratuito e prove a facilidade de ter o cálculo de horas, adicionais e faltas feito automaticamente.

Não vai perder a oportunidade de automatizar a sua empresa com o melhor software de controle de ponto online, né? Saiba mais sobre o nosso controle de ponto em nosso site!

Você pode acompanhar mais conteúdos em nossas redes sociais: LinkedIn, Instagram e Facebook.

Tecnologia que poupa tempo e dinheiro para a sua empresa.

O que tá esperando? Comece a usar agora mesmo!