Recursos Humanos: entenda tudo sobre essa área!

Entenda o que é, o que faz, quais são as principais responsabilidades, benefícios e conheça tudo sobre a área de Recursos Humanos.
Tempo estimado de leitura: 12 minutos

Antes de tudo, não é novidade para ninguém que o setor de recursos humanos é um dos mais importantes em qualquer empresa, não é verdade? Então, se você está aqui e trabalha com recursos humanos, sabe bem quais são todas as atividades e processos que o RH tem como responsabilidade, né?

De fato, quando uma empresa não investe em recursos humanos, ela simplesmente fica prejudicada. Isso porque, um setor de recursos humanos, visa elaborar estratégias, alinhando todas as áreas da empresa, para que as mesmas tenham mais agilidade e produtividade. Outro ponto é que esse setor é de extrema importância para as empresas que querem ter vantagem competitiva no mercado. 

Ao longo dos anos, as empresas passaram a investir em ferramentas tecnológicas, que, hoje em dia, já fazem parte de muitas organizações, deixando os processos automatizados. 

Com isso, podemos dizer que o departamento de recursos humanos deixou de ser apenas um setor que cuida de contratações, treinamentos e demissões. Ao contrário disso, agora, esse setor cuida também dos objetivos e metas da organização, servindo com um suporte para facilitar os processos, por meio de uma gestão de pessoas mais estratégica e inovadora. 

Além disso, esse departamento também exige de muito conhecimento, dedicação e experiência, pois só vivenciando o dia a dia dos processos é possível entender. Mas, para ajudar você, preparamos um artigo muito interessante e especial. De forma simples, iremos te explicar os conceitos e atribuições do departamento de Recursos Humanos. 

Continue a leitura para saber mais sobre o assunto.

Recursos Humanos
Gestão de Recursos Humanos

O que é Recursos Humanos?

Para começar, o Recursos Humanos basicamente é um departamento de uma organização que tem como responsabilidade diversas atividades e processos que envolve tanto a empresa quanto os seus colaboradores. Pois bem, como o próprio nome já pode entregar tudo, o setor de recursos humanos é para cuidar das pessoas de uma companhia. 

Apesar de ser uma área em processos de desenvolvimento, atualizações e tecnologia, as funções básicas do departamento de recursos humanos são admissões, treinamentos, demissões, benefícios para os funcionários e remuneração dos mesmos. 

Como já dissemos, isso é apenas o básico, pois o RH também é um suporte facilitador na tomada de decisões da empresa. 

Qual é a origem do RH?

Muitas pessoas não fazem ideia, mas o setor de Recursos Humanos surgiu no século XX. Nossa, então é recente? Teoricamente, podemos dizer que sim! No entanto, tudo começou na Revolução Industrial, sobretudo o que relacionava o empregado e o empregador. Com isso, o impacto foi tão forte que o RH era chamado de "Relações Industriais". 

Ao longo desse período, a área passou por um desenvolvimento muito grande, criando para si, metas, objetivos e diferentes desafios que ninguém imaginava que pudesse existir e, claro, incluindo responsabilidades que estão até hoje, nos dias atuais. 

Entretanto, apesar de ser um setor bem estruturado desde o seu surgimento, algumas expectativas foram criadas para percepções de diversos setores econômicos e direcionamento correto de tomada de decisões. 

Normalmente, podemos observar que a maioria dos empreendedores e empresários visam que esse setor pode garantir muitos valores ao capital financeiro, intelectual e econômico. Neste cenário, é comum que os trabalhadores entendam a rotina do setor de recursos humanos, como um departamento que cuida da sua vida profissional, mas também importa com o desenvolvimento pessoal. 

Ainda no século XX, em 1990, muitas empresas passaram a adotar diversos nomes ao setor de recursos humanos. Contudo, os nomes eram muito diferentes, mas as empresas afirmavam que os objetivos eram os mesmos. Afinal, elas acreditam na essência e no conceito que esse setor possui dentro das companhias. 

Ademais, podemos dizer que o diferencial que esse departamento causa nas empresas é notório e fazem parte da sustentabilidade de todos os negócios. Por tanto, o RH serve também para deixar as organizações mais sólidas e competitivas.

O que é a Gestão de Recursos Humanos?

Chegamos até aqui e já foi possível entender um pouco mais sobre  setor de Recursos Humanos, correto? Mas o que é de fato a gestão e recursos humanos? Vamos lá!

Antes de mais nada, a gestão de pessoas ou de recursos humanos são vistas como habilidades, técnicas e estratégias utilizadas para que os colaboradores de uma empresa fiquem satisfeitos. Além disso, as ferramentas utilizadas, também servem para que os trabalhadores possam cumprir e auxiliar nos objetivos da organização. 

Em resumo, a gestão de recursos humanos, visa cuidar da relação entre a empresa e os seus funcionários, para que ambos tenham um convívio saudável e consigam entrar em sintonia com seus objetivos e interesses, desenvolvendo uma comunicação mais vantajosa. 

Então, podemos concluir que o setor de Recursos Humanos visa administrar a jornada dos colaboradores e a Gestão de Recursos Humanos tem como objetivo elaborar estratégias dentro do RH

Qual é a importância dos Recursos Humanos para uma empresa?

É inegável que se uma empresa  tiver um bom setor de Recursos Humanos, a mesma colherá bons resultados, pois as chances de atingirem os seus objetivos e metas tornam-se maiores. Agora, tente imaginar a sua empresa sem um setor de RH? Quase impossível, né?... Afinal, quem faria todos os processos da jornada de trabalho dos colaboradores, contratações, demissões?

Por isso, ter um RH estratégico, além de deixar a sua empresa funcionando plenamente, também garante o caminho para o sucesso. Embora o seu setor de recursos humanos cuide de todos os seus funcionários, na verdade, a empresa depende dos colaboradores para a sua evolução, por isso, tudo tem que ser pensado de forma estratégica. 

Claramente, aqui, podemos concluir que uma empresa não pode ir pra frente sem um setor de recursos humanos. Lembrando que, até para uma empresa que possui pouquíssimos colaboradores, este setor é essencial. 

O que mudou no Recursos Humanos?

Como já dissemos anteriormente, a gestão de recursos humanos vem se desenvolvendo cada dia  mais desde a primeira Revolução Industrial. Por isso, ao longo dos anos, o RH vai se moldando  aos novos conceitos de uma sociedade e também a todas as atividades e processos de uma organização. 

Antigamente, o setor de recursos humanos não era nada estratégico, as demandas, por exemplo, eram feitas apenas para cumprir algumas ordens e obrigações de um ambiente organizacional, sem ao menos saber se as formas de lidar com todos os processos eram assertivas. 

Além disso, antes o recursos humanos só era visto como a demissão dos colaboradores, ou seja, não tinha autonomia para administrar os colaboradores da empresa. 

No entanto, com o passar dos anos, o RH se tornou extremamente estratégico e integra todos os setores de uma mesma empresa. Sabendo disso, podemos entender que o setor de recursos humanos atual é extremamente ligado a estratégias voltadas para a tomada de decisões de uma empresa, além de, claro, criar soluções para melhorar e otimizar o relacionamento dos colaboradores com a empresa. 

Sendo assim, compreendemos que o departamento de gestão de pessoas de uma organização, é integrar, satisfazer, produzir e fazer de tudo para que os profissionais continuem e se desenvolvam no ambiente de trabalho.

Ademais, também atender todas as demandas e necessidades dos funcionários, auxiliar nas soluções de possíveis conflitos e tornar um ambiente agradável para que os funcionários possam fazer seus trabalhos com eficiência. 

Quais são as principais responsabilidades do setor de Recursos Humanos? 

Agora, já é possível você entender que o setor de recursos humanos é responsável por todos os processos que envolvem os colaboradores, ou seja, vai da sua admissão até a sua demissão. 

Além desta parte, entre outras muitas, o RH também é responsável pela motivação dos funcionários, segurança no ambiente corporativo, relações internas na empresa, entre outros. 

Outro ponto muito importante, é o controle de jornada de trabalho dos consumidores, afinal, por isso existe um controle de ponto, para auxiliar nesta parte da marcação ou registro de ponto. 

Aqui, nós citaremos as principais atribuições da área, veja quais são:

Recrutamento e Seleção dos colaboradores

Talvez você não saiba, mas uma das funções do setor de recursos humanos é fazer a retenção de talentos, ou seja, atrair colaboradores para as empresas. No entanto, ao contrário do que muitos pensam, não é apenas colocar a vaga nas redes sociais ou em canais de mídia e comunicação da empresa.

Além disso, é muito importante fortalecer o nome da marca ou da organização, para que os possíveis candidatos se adequem e se identifiquem com a empresa e com a vaga. 

Por isso, é muito importante incluir a prática de gestão de pessoas nesta etapa do processo, aliás, nas demais partes também. Afinal, é muito melhor e mais fácil garantir uma cultura organizacional melhor estabelecida. Ademais, é importante também fortalecer a visão, valores e missão da empresa. 

Então, são todos esses pontos que fortalecem a organização, fazendo com que a mesma tenha uma forte presença no mercado e que os melhores colaboradores se interessem pela mesma, com a vontade de crescer e se desenvolver profissionalmente com ela. 

E claro, após toda a parte de seleção, quando os candidatos já foram aprovados, aí entra a parte burocrática do RH. Mas qual etapa é essa? A fase onde o colaborador, para realmente fazer parte dos processos da empresa, precisará levar os documentos admissionais necessários e fazer o exame admissional, que garante que o colaborador está apto para realizar a função destinada. 

Treinamento de Desenvolvimento

Você conhece alguma empresa que oferece cursos e treinamentos, apoiando com uma bolsa-auxílio para que não interfira na vida financeira dos colaboradores ou aquela empresa que promove feiras de inovação, com especializações? Pois bem, o setor de recursos humanos é responsável por fornecer esses benefícios. 

Além de os treinamentos e cursos serem extremamente importantes para a vida dos colaboradores, também é um incentivo para que os mesmos se atualizem sobre o mercado, ajudando na vantagem competitiva para a empresa. 

E claro, todo conhecimento que for adquirido, o profissional tende a levá-lo para a empresa, utilizando a prática no dia a dia. 

Controle de Ponto/ Folha de Pagamento/ Benefícios

De fato, o controle de jornada de todos os colaboradores é de responsabilidade do departamento de recursos humanos. Com isso, é importante que o profissional de RH mantenha-se atualizado sobre as situações dos funcionários dentro da empresa. 

Espera, como assim? Bom…

Para seu conhecimento, existem funcionários que estão de férias, que faltam, que fazem horas extras e, por isso, é necessário que a gestão de pessoas da organização cuide de todo o sistema de banco de horas, entre outros. 

Hoje em dia, como facilitador, existem alguns sistemas de controle de ponto que fazem os processos para a sua empresa. No caso podemos citar a QRPoint, que coleta diariamente e em tempo real todas as informações de um controle de ponto. 

E claro, podendo facilitar o cálculo de desconto da folha de pagamento e gerenciar todas as demandas. Isso significa, que com o nosso sistema de controle de ponto, é possível focar mais nas pessoas. 

Ademais, realizar controle de ponto de forma manual, pode ocorrer erros humanos e falhas em todas as etapas do processo. Já os benefícios, o setor de departamento de recursos humanos, também fica responsável por fornecer o Vale Transporte e o Vale Refeição/ Alimentação. 

Plano de Carreira

Qual colaborador não sonha em ter uma perspectiva de crescimento dentro do ambiente de trabalho, não é verdade? Por isso, é o sonho de todos os colaboradores ter um plano de carreira mais detalhado, correto?

Infelizmente, a maioria das empresas ainda não sabem lidar com os colaboradores, ou seja, não fazem um plano de carreira, o que gera uma zona de conforto, automaticamente também progredindo para uma desmotivação, ou seja, é um ciclo, que se não for alterado, pode ser vicioso. 

Isso porque um funcionário desmotivado, provavelmente não será produtivo e, basicamente, é a produtividade que gera o sucesso e resultados. Deste modo, é de extrema importância que o gestor de RH prepare o plano de carreira de seu colaborador, ou seja, alinhando junto a um documento. 

No caso, este documento apresenta informações e atribuições que esse funcionário precisará cumprir para gerar resultado para a empresa e também para si próprio, como por exemplo, subir de cargo. 

Além disso, o plano de carreira também serve para estabelecer até que ponto o funcionário pode chegar dentro da organização. Outro ponto a ser falado, é que da mesma forma que o plano de carreira é essencial para colaboradores e empresas, também é necessário para aqueles que estão ingressando no negócio, ou seja, os potenciais talentos a serem recrutados. 

Cargos e Salários

Mais uma das mais importantes funções do RH é definir quais são os cargos e salários que devem existir na empresa, você sabia? Os cargos e funções não são tirados do nada, pode apostar, se ele existe, é porque possui algum motivo. Geralmente, até mesmo quando um setor precisa de um colaborador para acelerar processos dentro da organização. 

Além disso, os salários também são avaliados de forma pensada, afinal, é preciso analisar e fazer uma pesquisa de mercado antes de determinar qualquer valor. Isso porque, o salário deve valer pela função e também precisa ser competitivo no mercado. 

Avaliação de Desempenho

Neste cenário, a avaliação de desempenho é a que analisa o desenvolvimento e a relação de todos os colaboradores em um determinado período de tempo. 

Para esta tarefa, o gestor pode montar uma planilha, que já não é mais tão adequada ou contratar um sistema mais moderno de controle de ponto e jornada, que gera relatórios e registra todas as informações em tempo real. A dica é: controle de ponto online! Mas calma, daqui a pouco você entenderá melhor. 

Recursos Humanos e Departamento Pessoal: qual é a diferença?

Você sabe qual é a real diferença entre o setor de recursos humanos e o departamento pessoal? O departamento pessoal, também lida com processos burocráticos, por isso, ainda é muito confundido com recursos humanos. 

Para entender melhor, o RH está relacionado pela forma que ele cuida dos colaboradores de uma empresa.  Então, ele busca a valorização dos funcionários, a motivação dos mesmos e procura também formas para que o empregado cresça dentro da organização e possa evoluir junto com a mesma.

Já a parte de DP, que seria o departamento pessoal, é responsável por cuidar de todo processo burocrático da empresa, ou seja, com questões jurídicas e financeiras que envolvem os colaboradores. 

Normalmente, essas áreas se complementam, ou seja, elas trabalham juntas, mas claro, isso vai sempre de acordo com cada empresa. 

Quais são os principais indicadores de Recursos Humanos?

Você sabe quais são os principais indicadores de Recursos Humanos? Pois bem, antes de mais nada, esses indicadores servem basicamente para que a empresa acompanhe os seus colaboradores e o seu desempenho ao desenvolver todas as suas funções. 

Podemos começar? Vamos lá!

Clima Organizacional

De fato, o clima organizacional é imprescindível para qualquer organização, no caso, ele serve como um guia do comportamento dos funcionários dentro da empresa. 

Desta forma, o clima organizacional, deve sempre seguir os padrões da empresa, ou seja, a política, os valores, as missões e visões da organização. Após estabelecido, é importante lembrar que ele precisa receber manutenções. 

Isso porque, o RH é um setor que está sempre em busca de inovações e desenvolvimento, logo, quando uma prática encontra-se ineficiente, é importante mudá-la. O clima organizacional cuida dos seus funcionários e em conjunto, cuida da sua empresa. 

Absenteísmo

Você sabia que quando um colaborador falta no trabalho diversas vezes sem justificativa, é considerado absenteísmo? Isso mesmo, além de também quando o mesmo se atrasa com muita frequência. 

De fato, a maioria das empresas já passaram por esta situação. Por isso, é muito importante avaliar e acompanhar o nível de absenteísmo, pois só assim ficará mais fácil solucionar esse problema. 

Turnover 

Basicamente, o índice de turnover acompanha o nível de rotatividade de colaboradores dentro de uma empresa. Isso significa que ele avalia, por exemplo, a quantidade de funcionários que foram admitidos ou demitidos, além de outros fatores. 

Acompanhar o índice de turnover é saber e entender onde o RH está errando, acertando, o que precisa ser melhorado ou ser mantido dentro das organizações. Além disso, também é importante para novas contratações e também quando a empresa for fazer a gestão do clima organizacional. 

Comunicação Interna

Não é novidade para ninguém, que os colaboradores precisam ser informados sobre tudo o que acontece dentro da organização, certo? Desde os baixos resultados até a busca de novas soluções para resolver um problema. 

A comunicação interna tem uma relação transparente entre os colaboradores e as empresas, ou seja, com ela é possível que os empregados fiquem mais comprometidos com suas funções. Geralmente, algumas pesquisas são realizadas para saber se os funcionários estão satisfeitos ou não com a empresa, como por exemplo, a pesquisa de clima organizacional. 

Produtividade

A busca pela produtividade na empresa deve ser constante, você concorda? A análise varia de acordo com fatores como o tempo, qualidade, custos, atendimento, satisfação de colaboradores, entre outros diversos. 

Uma empresa com alto nível de produtividade, gera colaboradores mais comprometidos, dispostos e motivados com a organização. 

Como ter um Recursos Humanos estratégico?

Agora que você já entendeu tudo sobre o setor de Recursos Humanos, que tal aprender como implantá-lo de uma forma estratégica na sua organização? Confira!

1- Defina um objetivo a ser conquistado

É fato que, quando se tem objetivos e metas definidos, é mais fácil elaborar estratégias. Além disso, as metas podem reduzir o tempo de demandas, diminuir o nível de turnover e também aumentar a percepção positiva dos colaboradores em relação a empresa. 

2- Invista em um bom planejamento que melhore suas estratégias 

Quem faz um planejamento, tem tudo, não é verdade? O RH estratégico deve ser proativo, ou seja, as ações devem ser produzidas para algo melhor futuramente, que melhore metas e desempenhos. 

Na etapa do planejamento, você pode construir treinamentos, cursos, palestras e ações internas que ajudem no desenvolvimento dos profissionais. 

3- Acompanhe os dados da sua empresa melhore sua tomada de decisão

Neste cenário, para acompanhar dados em tempo real, esqueça as planilhas! Isso mesmo! A melhor solução é ter um sistema de controle de ponto online, que faz todos os processos de recursos humanos da sua empresa. Com informações completas, você conseguirá otimizar a sua tomada de decisões. 

4- Invista em tecnologia

Uma das fases mais complexas do setor de recursos humanos é o recrutamento, hoje em dia, as empresas precisam utilizar as ferramentas tecnológicas como forma de auxílio. No entanto, o olho no olho sempre será essencial, porém, os primeiros contatos podem ser feitos de forma on-line. 

5- Apoie a diversidade e inove a empresa

As empresas que apostam na diversidade, são bem vistas no mercado, afinal, elas apoiam a inclusão, igualdade e inovação. Além disso, é muito importante para o relacionamento e desenvolvimento dos colaboradores na empresa. 

6- Treine os seus gestores

Ser gestor não é uma tarefa nada simples, certo? Isso porque, ser líder de pessoas é saber lidar com pensamentos, opiniões e personalidades diversas todos os dias. Por isso, é importante que os mesmos sejam treinados, para estarem alinhados com a cultura organizacional. Lembre-se, todo investimento é válido. 

Como  a QRPoint pode ajudar o setor de Recursos Humanos da sua empresa?

Primeiramente, a QRPoint, pode ser a solução que você precisa para a sua empresa, afinal, nós temos um software de controle de ponto online, com funcionalidades muito completas, capazes de gerir o setor de recursos humanos e departamento pessoal da sua empresa, para que você possa dar mais atenção aos colaboradores. 

De fato, com informações e dados em tempo real que o controle de ponto oferece, é possível ter uma folha de ponto mais assertiva, acompanhar a jornada dos colaboradores, o desempenho dos mesmos, entre outras funções que o controle de ponto online pode oferecer. 

O controle de ponto online faz todos os processos de forma estratégica, focando totalmente no desenvolvimento da organização, por isso, é muito importante que você invista em um sistema mais moderno. 

Investindo em nosso sistema de controle de ponto, é possível evitar falhas humanas e dar prioridades para outras demandas que também são importantes para a empresa. 

Desta forma, não se esqueça…

Conte com a QRPoint!

Para dar início, nós fornecemos o registro rápido dos seus colaboradores no software de controle de ponto, reduzindo a dificuldade na hora de adotar o novo sistema.

Uma vez que tudo já estiver nos conformes, você vai poder aproveitar do app do gestor, um dos nossos maiores benefícios.

É através do aplicativo do gestor que você terá acesso a dashboards de indicadores, mostrando todos os colaboradores que estão dentro da organização trabalhando, além daqueles que estão de férias e muito mais!

Portanto, para garantir a estadia do colaborador dentro do local de trabalho, nós usamos os recursos de geolocalização para criar uma cerca digital que garante exatamente onde o ponto online ou o ponto offline está sendo registrado.

E pensando na segurança tanto do colaborador quanto do gestor, o controle de ponto é registrado através do reconhecimento facial biométrico do profissional. Nós também mantemos o banco de horas de todos os colaboradores, permitindo mudanças nele se necessário.

Entre em contato para tirar qualquer dúvida sobre o nosso sistema de controle de ponto com nossa equipe. Ficou interessado e quer os benefícios do QRPoint na sua empresa? Faça hoje mesmo um teste do controle de ponto gratuito e prove a facilidade de ter o cálculo de horas, adicionais e faltas feito automaticamente.

Não vai perder a oportunidade de automatizar a sua empresa com o melhor software de controle de ponto online, né? Saiba mais sobre o nosso controle de ponto em nosso site!

Você pode acompanhar mais conteúdos em nossas redes sociais: LinkedIn, Instagram e Facebook

Tecnologia que poupa tempo e dinheiro para a sua empresa.

O que tá esperando? Comece a usar agora mesmo!