O que é Teletrabalho? Legislação, boas práticas, vantagens e mais!

Com as tantas inovações no mercado, você precisa saber o que é teletrabalho, legislação e como trazer hoje mesmo para dentro da sua empresa. Confira!
Tempo estimado de leitura: 10 minutos

Com o avanço da tecnologia, novas modalidades de trabalho vêm se formando juntamente às inovações feitas em cada área.

Com o RH não é diferente. Por ser um setor que cada dia mais se torna estratégico e, por isso, busca focar seu tempo na gestão de pessoas, entender o que é teletrabalho como uma das tecnologias adicionais do HR Tech é indispensável.

O uso de tecnologia no RH tem sido um sucesso de resultados, mudando completamente o dia a dia do gestor com a automatização de processos, por exemplo.

Entretanto, a facilidade vai muito além daí, permitindo que colaboradores trabalhem remotamente, reduzindo custos e trazendo uma nova dinâmica de trabalho.

A pandemia de covid-19 foi responsável por muitas empresas buscarem a facilidade do trabalho remoto e se encontrarem muito realizadas, adotando permanentemente a modalidade de teletrabalho.

Isso é mostrado na pesquisa da ISE Business School, onde 80% dos executivos que testaram durante a quarentena dizem ter aprovado o home office.

Pensando em facilitar o seu dia a dia através do teletrabalho, criamos esse guia completo sobre o que é teletrabalho. Confira os conteúdos abaixo:

  • O que é teletrabalho?;
  • O que é teletrabalho de acordo com a nova CLT?;
  • O teletrabalho na pandemia de covid-19;
  • Vantagens do teletrabalho
  • Desafios do teletrabalho;
  • Como trazer o teletrabalho pra dentro da sua empresa;
  • Como o controle da jornada de teletrabalho é feito?

O que é teletrabalho

Teletrabalho é a atividade laboral feita a distância (fora da sede ou filial da organização) com o uso de tecnologias da informação e da comunicação como facilitadoras.

A Organização Internacional do Trabalho define o que é teletrabalho como: “a forma de trabalho realizada em lugar distante do escritório e/ou centro de produção, que permita a separação física e que implique o uso de uma nova tecnologia facilitadora da comunicação

Essa definição trata da prática conhecida como Anywhere Office, onde o trabalho pode ser feito de qualquer lugar, facilitando as conexões entre o colaborador desejado e a empresa contratante.

Agora que você viu o que é teletrabalho, saiba das modalidades que você pode implantar em cada área da sua empresa:

Quais as 4 modalidades de teletrabalho?

As 4 modalidades do que é teletrabalho são divididas em centro compartilhado, home office, anywhere office e trabalho transnacional.

Cada uma delas tem suas vantagens, que variam de acordo com o tipo de colaborador e o local onde o trabalho está sendo feito.

Veja mais sobre cada uma delas:

Home office

Trata-se do trabalho feito na casa do próprio colaborador, sendo uma das modalidades mais faladas e adotadas pelas empresas.

A modalidade pode ser feita tanto em tempo integral quanto de forma híbrida, com parte sendo feita em domicílio e parte em estabelecimento físico da organização.

E toda essa abrangência pode ser vista em 70% das pessoas ao redor do mundo já praticarem o que é teletrabalho parcial ao menos uma vez na semana em suas jornadas, como mostra pesquisa da IWG.

Anywhere office

A modalidade onde a flexibilização do tempo do colaborador é aproveitada de forma intensa justamente por sua característica de poder ser feito em qualquer lugar.

Sendo assim, os colaboradores se aproveitam de toda a sorte de lugar para realizar as suas atividades diárias, podendo ser numa praça de alimentação, café, aeroporto, quarto de hotel ou até mesmo dentro de um veículo.

Centro compartilhado

São estações de trabalho fora da sede organizacional que funcionam como centros comunitários de acesso dos colaboradores aos materiais de trabalho      do qual vão precisar.

Esse recurso pode ser usado em cooperação com outras organizações, criando centros de trabalho espalhados por diversos locais que sirvam para flexibilizar o trabalho dos colaboradores de ambas.

Times transnacionais

É um trabalho feito em grupo, onde indivíduos de diferentes regiões do globo se juntam e formam a equipe, para que seja feito algum projeto ou então para buscar alguma solução empresarial mais específica.

A característica principal dessa modalidade é a necessidade de existirem grupos de trabalho para que ela possa ser feita.

Esses grupos se comunicam através de recursos tecnológicos, mas também podem se encontrar presencialmente. Com isso eles realizam trabalhos tanto dentro de casa quanto na organização, até mesmo indo ao encontro de clientes.

O que é teletrabalho de acordo com a nova CLT?

Teletrabalho de acordo com a nova CLT é a prática trabalhista feita fora do espaço físico pertencente ao empregador, usando tecnologias de informação e comunicação, não sendo trabalho externo.

São os artigos 75-A a 75-E da CLT que regulamentam o que é regime de teletrabalho para as organizações.

Eles dizem também que o ato de ir até as dependências do empregador para fazer alguma atividade ou afazer que exigem presença física não faz com que o regime deixe de ser teletrabalho.

Além disso, eles também regulamentam os direitos do colaborador dentro do que é teletrabalho. Veja a seguir quais são:

Quais os direitos do teletrabalho?

Os direitos do teletrabalho permanecem os mesmos quanto à proteção do colaborador. Sendo assim ele deverá ter a carteira assinada, férias, 13º salário depósitos de FGTS.

Por conta dessa demanda governamental, como fazer o controle de ponto se tornou uma questão para as organizações que implementaram o teletrabalho, já que a gestão de horas continua sendo uma obrigação.

Sendo assim, tecnologias inovadoras vindo de HR Techs, como o controle de ponto alternativo, tem sido a melhor resposta a essa demanda criada pelos novos modelos de trabalho para evitar processos trabalhistas.

Veja a seguir como ficaram os direitos dos colaboradores em relação ao que é teletrabalho durante a pandemia de covid-19:

O teletrabalho na pandemia de covid-19

Durante a pandemia de covid-19, a MP 927/2020 deixou as regras que regiam o teletrabalho mais flexíveis, veja 5 exemplos de mudanças:

1. É imposto ao empregador que arque com os custos e se responsabilize pela aquisição das ferramentas necessárias para compor a infraestrutura do trabalho.

2. Deixou de ser necessário uma adição no contrato, mudando o regime de trabalho, já que o local contratual ainda é a mesma organização.

3. A quantidade de tempo necessária de sobreaviso ao colaborador para mudança para práticas de teletrabalho caiu de 15 dias para apenas 2

4. Foi também alterada a necessidade de mútuo acordo, permitindo que o empregador mude o regime para o que é teletrabalho sem que o colaborador precise concordar.

5. Consertou os regimes de teletrabalho feitos até 30 dias antes da MP 927/2020 ter sido validada.

Essa medida teve vigência até 19/07/2020, antecipando um ajuste definitivo nas regras do teletrabalho.

Agora que você sabe tudo sobre o teletrabalho na nova CLT, com mudanças e tudo, veja o efeito real que ele teve nas empresas durante a pandemia:

O papel do teletrabalho no novo normal

Durante a pandemia, encontrar novas formas de manter a empresa funcionando fez com que praticamente todos os colaboradores, trabalhando em posições possíveis de adotar o home office, tenham feito isso.

Foram 41% de colaboradores realocados dos 46% de profissionais aptos, como mostra pesquisa feita pela fipe.

Para pequenas empresas o cenário não foi muito diferente, tendo em vista que elas transferiram mais da metade (52%) dos colaboradores para o regime de teletrabalho.

Porém, nem tudo são flores e as empresas alegam ter tido dificuldades quanto a familiaridade dos colaboradores com as ferramentas de trabalho e o comportamento deles durante a prática do home office, que precisa estar atrelada a uma boa gestão de tempo.

Como já deu para perceber pelo que é teletrabalho, vantagens e desvantagens fazem parte do processo. Portanto, confira abaixo as vantagens desse sistema para sua empresa.

10 vantagens do teletrabalho

De acordo com Rob Rawson, co-fundador da plataforma internacinal de recrutamento staff.com, as vantagens de ter times virtuais ao redor do mundo são capazes de reduzir os custos da sua empresa com pessoal em 40% e além disso aumentar a produtividade.

Veja então 10 vantagens citadas por ele falando do que é teletrabalho numa empresa:

Menor custo com escritório

Parece ser uma prática muito comum e quase obrigatória para as empresas buscar ter um escritório, entretanto custear um escritório físico pode causar muitas despesas.

Sendo assim gestão de times remotos veio como uma mão na roda, trazendo menores custos em eletricidade, equipamento, água e tudo mais que poderia ser gasto no escritório da empresa.

Maior disponibilidade de talentos

Isso ocorre porque você expande sua busca para além da sua própria cidade e região, permitindo que você tenha à disposição um leque de talentos que vai além daqueles que podem ser contratados localmente.

Se aproveitando da primeira dica, você pode usar as economias feitas com escritório para oferecer um melhor pagamento aos integrantes do seu time.

É então que a união faz a força e a combinação de: ser capaz de contratar pessoas em qualquer lugar do globo e poder pagá-las melhor aumenta substancialmente a sua capacidade de atrair talentos para o seu negócio.

Retenção de colaboradores

Além de atrair os melhores talentos, retê-los também é muito importante, e há muitas pessoas querendo trabalhar de casa.

Sendo assim, você pode se utilizar dessa vontade, pois, ao dar esse benefício a seus colaboradores, eles se tornam mais leais e desejosos de permanecer na sua organização a longo prazo

Menor custo com os colaboradores

Uso do teletrabalho permite a você acessar cidades ou países com pessoas bastante talentosas, porém com custo de vida baixo.

Compor seu time com essas pessoas, além de gerar uma diversidade que servirá de porta-voz da sua empresa para novos talentos, traz uma economia enorme no pagamento de salários, sem afetar a satisfação do colaborador.

Menos reuniões desnecessárias

As reuniões e encontros de poucos resultados são um problema comum de produtividade dentro dos escritórios, portanto, ao se livrar dos escritórios, você também estará se livrando desse problema.

Reuniões ainda podem acontecer, de forma virtual, se utilizando de softwares de comunicação empresarial por exemplo. Entretanto, passa a haver muito menos a tentação de realizar encontros instantâneos potencialmente improdutivos.

Redução do tempo de deslocamento

Este é um benefício grande para os colaboradores, que se mostram mais contentes sem a parte estressante da rotina de trabalho que envolve o deslocamento.

Entretanto, além disso também há a vantagem de ser mais sustentável, característica que tem sido vista como um grande ponto positivo para atração de investimentos

Aumento na produtividade

Membros de equipes que trabalham em casa podem aumentar sua produtividade significativamente ao eliminar as distrações do escritório, reduzir o tempo de deslocamento e terem as horas de trabalho flexibilizadas.

Portanto, um estudo de Stanford mostrou um crescimento de 13% na produtividade de profissionais que foram colocados num regime de teletrabalho.

Acesso a múltiplos mercados

O que é teletrabalho te dá acesso a poder contratar pessoas de diversos locais sem precisar custear abrir um escritório ou uma sede naquele lugar específico.

Assim, ao fazer isso, você é capaz de ter acesso a novos mercados e consumidores sem precisar investir tão significativamente nisso.

Dias de trabalho aproveitados 24 horas

O teletrabalho dá a sua empresa a possibilidade de operar numa escala onde os colaboradores estejam produzindo 24 horas por dia, através do uso dos diferentes fusos horários mundiais.

Por isso, ao executar essa manobra te faz aumentar a implementação dos serviços da empresa seja lá onde forem ofertados e aumenta o tempo disponível para realizar negócios.

Maior flexibilidade da força de trabalho

Contratar times remotos te dá o poder de escalar as equipes para um trabalho ou projeto muito mais facilmente do que quando os escritórios tem um local fixo.

Com isso, mobilizar e liberar colaboradores de afazeres se torna uma tarefa simples[FBC1] , ajudando na otimização do tempo tanto dos profissionais quanto dos gestores.

Portanto, agora que você viu as vantagens do que é um teletrabalho, confira os desafios que você pode enfrentar ao trazer o teletrabalho para sua organização.

3 principais desafios do teletrabalho

Os desafios dentro do que é regime de teletrabalho são poucos, porém não são difíceis de ser encontrados. A parte boa é que a maioria pode ser resolvida com um pouco de treinamento e dedicação dos colaboradores.

O teletrabalho configura muitas mudanças de cenário, não apenas no aspecto físico. Também é preciso estar muito atento ao aspecto psicológico dos colaboradores e como eles respondem a estar trabalhando de fora da empresa.

Conciliar o trabalho com estar fora de um ambiente onde todos estão focados em trabalhar pode ser muito desafiador para algumas pessoas, portanto, confira abaixo os problemas mais comuns enfrentados pelos colaboradores durante o teletrabalho.

Problemas individuais de disciplina

A dinâmica do home office é diferente da do local de trabalho, onde existem outras pessoas com o mesmo foco que o colaborador, assim como chefes pessoalmente checando a produtividade de cada um.

Para além disso, existe uma cobrança maior quanto a horários de chegada, pausa, saída e entrega de demandas.

A falta desse ambiente de cobrança e focado apenas no trabalho pode gerar relaxamento no colaborador, fazendo ele atrasar demandas e não respeitar os horários de trabalho, gastando tempo demais com distrações.

Por conta disso, os colaboradores precisam receber instrução e treinamento quanto à postura que devem ter ao encarar os desafios do teletrabalho. Falar com a família do colaborador e instruir ela sobre os deveres do membro também pode ajudar a evitar esse problema.

Problemas com a diminuição do contato com outros profissionais

Um ambiente único para trabalho faz com que todos os profissionais estejam interagindo entre si, trocando experiências e buscando um ao outro.

Sendo assim, uma das maiores queixas dos colaboradores em teletrabalho é a privação de contato com os colegas. Seja por falta das conversas sobre amenidades no horário de almoço ou pelo simples convívio.

Essa interação é importante para a felicidade no trabalho. O pouco contato interpessoal desagrada os colaboradores.

Problemas com a velocidade em que as interações acontecem

Durante os processos feitos no dia a dia de uma organização, a comunicação é muito importante e deve ser mantida constantemente. Entretanto, dentro de um escritório essas informações são passadas de forma dinâmica, transitando pelo ambiente.

Esse sistema tem a vantagem de conseguir respostas de forma quase imediata, com o contato cara a cara.

Entretanto, embora o envio de mensagens, e-mails, arquivos e muitos outros pela internet seja instantâneo, nem sempre a pessoa que recebe está de prontidão a responder. Isso pode causar uma morosidade nos processos.

Agora, conhecendo os principais desafios dentro do que é regime de telerabalho, veja as melhores práticas para trazer o teletrabalho para sua organização.

Como trazer o teletrabalho para dentro da sua empresa?

Para trazer o teletrabalho para dentro da sua empresa, você deve começar entendendo a legislação por trás dele, então escolher bem os colaboradores que irão para o regime, treiná-lo e estabelecer as regras do trabalho em casa.

Veja a seguir como pôr em prática cada um desses passos:

Entender a legislação

O primeiro passo que você deve dar quando quiser implantar o teletrabalho na sua empresa é entender o teletrabalho na reforma trabalhista e saber bem todos os direitos do colaborador, assim como seus deveres de contratante.

Juntamente a isso, é preciso um RH estratégico que planeje e tenha bem claros os objetivos e as necessidades da organização. Isso deve ser feito para poder ter um teletrabalho que traz resultados e lucro.

Escolha os profissionais

O segundo passo, após traçar a estratégia por trás do teletrabalho, é escolher os colaboradores com o perfil que mais se encaixa para o home office.

Assim, mesmo estando em casa vai ser necessário que o profissional tenha um bom comportamento e cumpra com as metas estabelecidas pela empresa.

Portanto, escolha bastante bem o perfil comportamental do colaborador que você vai colocar para teletrabalho, pois ele deve ter foco e fazer sua jornada de trabalho estar separada da vida pessoal em casa.

Desenvolva os profissionais

Fornecer treinamento aos colaboradores que irão realizar o teletrabalho é parte fundamental do processo. Isso porque eles devem estar em casa da mesma forma que no trabalho, e isso precisa ser acordado com aqueles que vivem na casa também.

Por isso, ter em mãos palestras que possam ser mostradas aos familiares do colaborador, para que entendam como é importante tratá-lo como em um dia de trabalho comum, é uma ótima cartada.

Isso porque a instrução tem que ir além do profissional, que precisa ser orientado quanto ao teletrabalho que irá realizar, como trabalhar com os programas e ferramentas que deve usar, quais suas metas.

Estabeleça as regras

É então que chega o último momento, onde você deve deixar bem nítidas as políticas para o home office. Essas políticas devem ser discutidas com o setor de RH e jurídico da empresa.

É preciso nessa hora ter registradas todas as ferramentas que serão usadas no trabalho, assim como as obrigações do empregador e do colaborador.

Por fim, os colaboradores precisam entender e concordar com os termos que foram propostos para poder iniciar o trabalho e executar ele do jeito mais eficaz possível.

Assim, veja a seguir como trazer o que é teletrabalho para sua organização fazendo o controle de ponto da forma certa.

Como o controle de jornada de teletrabalho é feito

Agora que você sabe o que é o teletrabalho, pode contar com o QRPoint para colocar ele em prática hoje mesmo dentro da sua organização.

Isso porque nós somos um sistema de controle de ponto capaz de facilitar a sua experiência de gestão de carga horária, seja de colaboradores em espaço físico quanto em teletrabalho.

Nós possuímos diversas funcionalidades que facilitam o teletrabalho, como o uso de cerca digital para garantir o comparecimento no local de trabalho, assim como o uso de reconhecimento biométrico.

Portanto, tudo pode ser controlado pelo aplicativo do gestor, onde são apresentados dashboards indicadores de quem está presente, ausente ou de férias.

Nós também organizamos um banco de horas de todos os profissionais, fazendo o cálculo de horas, adicionais e faltas, fazendo registro na folha de ponto e dificultando a ocorrência de processos trabalhistas.

Entre em contato e tire todas as suas dúvidas sobre como implementar o controle digital na sua empresa. Você pode iniciar ainda hoje um teste grátis e ter toda eficiência do QRPoint no seu RH.

Tecnologia que poupa tempo e dinheiro para a sua empresa.

O que tá esperando? Comece a usar agora mesmo!